História do Dia Internacional da Mulher

15:44


A luta das mulheres pelos seus direitos começou há muito tempo e está longe do fim. Hoje, dia 08 de Março é comemorado o resultado de lutas, fatos e reivindicações das mulheres por melhores condições de trabalho e direitos sociais e políticos. 

Mas tudo começou lá atrás, em 1857, quando trabalhadoras de uma indústria têxtil de Nova York fizeram uma greve para conseguir melhores condições de trabalho e igualdades de direitos trabalhistas para as mulheres. Esse movimento foi reprimido com violência pela polícia. 

Em 1908, trabalhadoras de um comércio de agulhas de Nova York, fizeram uma manifestação para lembrar o movimento que aconteceu em 1857 e exigir o direito ao voto feminino e fim do trabalho infantil. Adivinha o que aconteceu? Esse movimento também foi reprimido pela polícia.

Em 1910, durante uma conferência na Dinamarca, foi feito uma proposta do que passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", uma homenagem ao movimento da luta da mulher pelos seus direitos, e como uma forma de obter uma ajuda na luta pelo direito do voto para as mulheres.

No dia 25 de março de 1911, mais ou menos 145 trabalhadores (123 mulheres e 22 homens) morreram queimados num incêndio numa fábrica de tecidos em Nova York. O motivo? As precárias condições de trabalho. Isso fez com que houvesse várias mudanças nas leis trabalhistas e de segurança de trabalho, gerando melhores condições para os trabalhadores.

Mas somente em 1975, considerado o Ano Internacional da Mulher, que a ONU (Organização das Nações Unidas) passou a celebrar o Dia Internacional da Mulher em 08 de março.

Na história temos exemplos de mulheres que mudaram o mundo, mas também temos uma lista das que foram mortas por causa da repressão causada pela violência impedindo que elas lutassem pelos seus direitos. 

Hoje, em 2018, conseguimos olhar para trás e ver que conquistamos muita coisa, mas nossa luta está longe do fim, ainda temos muita desigualdade no mundo, principalmente em questões de emprego. Mas temos a certeza de uma coisa: unidas, nós mulheres, conseguiremos cada vez combater essa desigualdade de conquistar nosso lugar no mundo. E não queremos pouco, nem muito, queremos apenas receber o reconhecimento pelo nosso trabalho, que modéstia a parte, é melhor do que muitos por aí!






You Might Also Like

0 comentários

Frase do Dia

"Guarda-me, ó Deus,
porque em Ti
confio"