Resenha: A Fúria e a Aurora

19:53

Autora: Renée Ahdieh
Editora: Globo Alt
Páginas: 336
Pontuação: ♥♥♥♥♥
Sinopse: Personagem principal, a jovem Sherazade se candidata para ser a nova esposa de Khalid Ibn Al-Rashid, rei de Khorasan, que com apenas 18 anos, é considerado um monstro pelos moradores da cidade que governa. Todas as noites Khalid casa-se com uma jovem diferente, degolando-as a cada amanhecer. No meio da lista infinita de jovens mortas, está Shiva, melhor amiga de Sherazade, que num plano quase perfeito de vingança, deseja matar Khalid e acabar com todas as maldades do reinado. A cada noite, Sherazade seduz o rei, contando-lhe histórias sem um fim prévio, garantindo a sua sobrevivência por mais um dia. Num deslize fora dos planos, Sherazade começa a enxergar outra face do rei, que carrega dentro de si um coração atormentado pelos acontecimentos dos últimos anos. Já apaixonada, a heroína passa a considerar seu fracasso como uma traição à amiga; e apesar de ter perdido todas as forças para fazer justiça e dar um fim à vida de Khalid em nome de todas as mulheres mortas, Sherazade desempenha agora a missão de descobrir os segredos escondidos nos corredores do palácio de mármore e pedra, na magia dos cenários em meio ao deserto.



A história de Sherazade e Khalid é simplesmente fascinante e surpreendente. Trata-se de uma releitura do clássico As mil e uma noites, escrito de forma doce, romântica e cativante. Quando comprei o livro, esperava algo meio bobo, mas me surpreendi completamente, li as 336 páginas em uma semana, pois é o tipo de história que você sempre quer saber mais. Com certeza este entrou para a lista dos meus favoritos.


O enredo nos mostra uma cidade governada por um rei "cruel" que todo dia casa-se com uma mulher diferente, para que na aurora possa tirar a vida de cada uma delas. Quando Sherazade perde sua melhor amiga, Shiva, como vítima fatal do rei Khalid, ela elabora uma vingança para acabar com as maldades do reinado e por um fim no sofrimentos de todas as famílias que perderam e perderão alguém. Em seu plano, Sherazade voluntaria-se para ser a nova esposa de Khalid Ibn Al-Rashid, e o seduz todas as noites sussurrando-lhe histórias que nunca chegam ao fim, permitindo a ela mais um dia, o que a faz ter tempo para conhecer as fraquezas de seu esposo e assim poder matá-lo. Mas, com o passar dos dias, Sherazade percebe que por trás de todas as mortes e sofrimentos, há um coração bom que padece, fazendo doer até a alma. Nessa busca pela verdade e justiça, Sherazade acaba descobrindo muitas coisas sobre o reinado e o rei, o que a faz ficar perdidamente apaixonada por Khalid. Mas acontece que seu antigo amor não está disposto a entregá-la de mão beijada para um monstro como o rei, e arma um plano de fuga para resgatar a jovem. No meio dos seus dois amores, Sherazade encontra-se confusa sobre seus sentimentos e sua traição à amiga, que a afronta todos os dias em pensamentos.



Tem muitas coisas que eu queria que acontecesse nesse livro, mas não aconteceu. Não queria que Tariq, antigo amor de Sherazade, fosse resgatá-la no palácio. Queria que Despina, sua camareira, e Jalal, primo do rei, ficassem juntos. Queria já ter descoberto o motivo de tantas mortes. Mas enfim, nada é como a gente quer e graças a Deus é assim, porque esse livro me surpreendeu de todas as formas possíveis. A autora soube muio bem criar personagens tão cativantes, com uma história genial, e uma descrição de lugar que parecia até que eu era a personagem principal. Junto com Sherazade aprendemos a perdoar, superar e principalmente que o amor é a melhor forma de resolver qualquer problema e de ganhar qualquer batalha.

Apesar de não ter muito o ponto de vista de Khalid, o livro é narrado em terceira pessoa, permitindo que a gente consiga entender o que está acontecendo em todos os lugares a partir de uma visão geral, não só a de Sherazade. O livro faz parte de uma Duologia e para nossa sorte, a continuação já foi lançada. Eba!!!

Com certeza esse livro te proporcionará uma viagem maravilhosa pelo deserto, recomendo para todas as pessoas, pois vale muito a pena ler!

Obrigada por tudo gente!
Fiquem com Deus, beijinhos, Bia 





You Might Also Like

0 comentários

Frase do Dia

"Guarda-me, ó Deus,
porque em Ti
confio"